Screen Shot 2020-10-05 at 20.02.57.png

Entre a casa que mora e a Piccola Arena, Mauricio de Memória mantém seu atelier. Pintando diariamente ao longo de mais de 30 anos, o artista exibe vasta produção.

 

São mais de 300 obras e boa parte pode ser vista no local em exposição permanente.


Além da pintura - sempre em grandes formatos, em tinta acrílica e colagens - a escultura é outra arte a qual Mauricio se dedica, desde sua passagem pela Escola Nacional de Belas Artes, em 1961.Do atelier saem peças tridimensionais, feitas principalmente a partir de objetos colecionados durante a construção da Piccola. Tábuas, ferramentas, pedras, pedaços de demolição, tudo é motivo para nova criação, formatando elementos maiores com ajuda de solda para dar estabilidade.


Parte importante da produção é aquela dedicada ao conjunto de raízes, todas elas colhidas na terraplanagem do terreno. “Há uma forte simbologia que as significa como fundadoras, pois as raízes são a própria história de tudo que nos cerca de perto: a galeria, o teatro de arena, o bistrô Divina Sálvia...a casa onde vivo”, diz Mauricio.

Brumadinho.jpg
et2_AValedaMentira.JPG
det4_AValedoMedo.JPG
det2–AValedaLama.JPG